domingo, 6 de abril de 2014

domingo, 30 de março de 2014

domingo, 23 de março de 2014

Linda Semana Para Todos Nós...




                                                     Prometo No Próximo Fim De Semana Eu volto, Com Certeza..rs.. Beijocas Doces Em Teu Coeur !!!

Esqueça - Marjorie Estiano (Whith Lyrics)

                    



                                         Bom Início De Semana Para Você... Tantão De Beijos!!!

Os Cinco Elementos...

                                       
                     Bom Domingo & Início De Semana Abençoada Para Todos Nós !!!!

Logique Du Coeur...




"Para estar junto não é preciso estar perto, e sim do lado de dentro."



____ Leonardo da Vinci *

Van Gogh, 
The Starry Night, June 1889 (The Museum of Modern Art, New York)

sábado, 15 de março de 2014

Zeca Baleiro - Price Tag (DVD Calma Aí, Coração)

   
                     

                                                   Bom Fim De Semana A Todos...
Beijokas Doces Em Teu  !! 

domingo, 9 de março de 2014

Salve, Salve, Salve O Dia 07/ 03/ 2014 !!!



Filhotinha Clarinha...
Você Foi Ontem A Nossa Boneca, O Nosso Mimo, O Nosso Sonho, A Nossa Preocupação Primeira. 
Hoje É Nosso Orgulho, Nossa Realização.
Que Todos Os Seus Sonhos Se Realizem, Filhotinha!
Eu, Sua Vó Francisca Gomes E Sua Irmã Jéssica Barreto Te Amamos Muito, Meu Amor!
Que Papai-Do-Céu Te Proteja Hoje, Amanhã E Sempre, Sempre, Sempre Minha Querida Filhotinha!
Muitas Beijocas Doces Em Teu   Filhotinha!
Feliz Aniversário, Clarinha !!

____ Mamãe Elis Gomes *


Para Viver Um Grande Amor...




" Há que ser bem cortês sem cortesia
Doce e conciliador sem covardia
Saber ganhar dinheiro com poesia
Não ser um ganhador
Mas tudo isso não adianta nada
Se nesta selva escura e desvairada
Não se souber achar a grande amada
Para viver um grande amor! "


____ Vinícius de Moraes *

Poemas Para Todas as Mulheres...




No teu branco seio eu choro.
Minhas lágrimas descem pelo teu ventre
E se embebedam do perfume do teu sexo.
Mulher, que máquina és, que só me tens desesperado
Confuso, criança para te conter!
Oh, não feches os teus braços sobre a minha tristeza não!
Ah, não abandones a tua boca à minha inocência, não!
Homem sou belo
Macho sou forte, poeta sou altíssimo
E só a pureza me ama e ela é em mim uma cidade e tem mil e uma portas.
Ai! Teus cabelos recendem à flor da murta
Melhor seria morrer ou ver-te morta
E nunca, nunca poder te tocar!
Mas, fauno, sinto o vento do mar roçar-me os braços
Anjo, sinto o calor do vento nas espumas
Passarinho, sinto o ninho nos teus pêlos...
Correi, correi, ó lágrimas saudosas
Afogai-me, tirai-me deste tempo
Levai-me para o campo das estrelas
Entregai-me depressa à lua cheia
Dai-me o poder vagaroso do soneto, dai-me a iluminação das odes, dai-me o cântico dos cânticos
Que eu não posso mais, ai!
Que esta mulher me devora!
Que eu quero fugir, quero a minha mãezinha quero o colo de Nossa Senhora! 


____ Vinícius de Moraes *



Todo Dia É Dia Da Mulher...



    Feliz Semana Para Todos Nós !!! 
Poema Dos Olhos Da Amada ~ Vinícius De Moraes *

domingo, 2 de março de 2014

Satélite Bar - Celso Fonseca e Ronaldo Bastos

                     Bom Carnaval A Todos... Beijokas Doces Em Teu ♥ !!!

                

Samba É Tudo - Celso Fonseca e Ronaldo Bastos

                              Bom Carnaval A Todos... Beijokas Doces Em Teu ♥ !!!

                        

Meu Carnaval - Celso Fonseca e Ronaldo Bastos


                                Bom Carnaval A Todos... Beijokas Doces Em Teu ♥ !!!

                      

Fé...





"Ah, mas a fé nem vê a desordem ao redor!..." 


____ Guimarães Rosa *

A Vida é...



"Vida é partilha: e não há partilha sem humildade, sem generosidade, sem amor no coração. Na escola, só aprendemos porque somos conscientes de que estamos lá porque não sabemos ainda; na vida é exatamente a mesma coisa. Se nos fecharmos, se fecharmos nossa alma e nosso coração, nada vai entrar. E será que conseguiremos nos bastar a nós mesmos? Eu duvido. Não andamos em cordas bambas o tempo todo, mas às vezes é o único meio de atravessar..."


 ____ Letícia Thompsom *

Ela...




"Ela é uma moça de poses delicadas, sorrisos discretos e olhar misterioso. 
Ela tem cara de menina mimada, um quê de esquisitice, uma sensibilidade de flor, um jeito encantado de ser, um toque de intuição e um tom de doçura. 
Ela reflete lilás, um brilho de estrela, uma inquietude, uma solidão de artista e um ar sensato de cientista. 
Ela é intensa e tem mania de sentir por completo, de amar por completo e de ser por completo..."



___ Caio F. Abreu *

É Carnaval...




Soneto de carnaval...

 Distante o meu amor, se me afigura 
 O amor como um patético tormento 
 Pensar nele é morrer de desventura 
 Não pensar é matar meu pensamento. 

 Seu mais doce desejo se amargura 
 Todo o instante perdido é um sofrimento 
 Cada beijo lembrado uma tortura 
 Um ciúme do próprio ciumento. 

 E vivemos partindo, ela de mim 
 E eu dela, enquanto breves vão-se os anos 
 Para a grande partida que há no fim 

 De toda a vida e todo o amor humanos: 
 Mas tranqüila ela sabe, e eu sei tranqüilo 
 Que se um fica o outro parte a redimi-lo.

_____ Vinicius de Moraes/Oxford, carnaval de 1939 *

Seja Bem-Vindo Março...

sábado, 22 de fevereiro de 2014

Se Chovesse Você - Eliana Printes

        Lindo Domingo & Abençoado Inicio De Semana  A Todos...

                                                                                                                                     
Eliana Printes, Cantora & Compositora Amazonense que atualmente mora na cidade Maravilhosa Rio de Janeiro *

Belezas & Feras Da Floresta Encantada...

Amazônia tem quase 10% de extinção dos animais ameaçados da fauna brasileira.



Onça-Pintada*


                                                        Peixe-Boi*


                                                                    Sauim-de-Coleira *


                                                     Arara-Azul *



Tamanduá-Bandeira *



O Entardecer Na Floresta Encantada...


 A magia
Eu venho desse reino generoso,
onde os homens que nascem dos seus verdes
continuam cativos esquecidos
e contudo profundamente irmãos
das coisas poderosas, permanentes
como as águas, os ventos e a esperança.
Vem ver comigo o rio e as suas leis.
Vem aprender a ciência dos rebojos,
vem escutar os cânticos noturnos
no mágico silêncio do igapó
coberto por estrelas de esmeralda.

____ Thiago de Mello, em "Mormaço na floresta", 1981 *

domingo, 16 de fevereiro de 2014

Alma de Pierrô - Celso Fonseca (Liebe Paradiso)


                 
                      


Alma de Pierrot

Quem me vê assim
Não vê a tristeza marcando a cadência
Com seu tamborim
Mais do que ninguém
Implorei a Deus
Que a alegria vestisse meus dias
Com seu Arlequim
Eu me preparava prá ver a Mangueira passar
Estação Primeira, foi lá que eu fiz meu lugar
Vindo com a minha escola a sorte sorriu afinal
Encontrei meu grande amor no Carnaval
Dessa vez não é
Chuva de verão
Chega a Quarta-Feira, renasce das cinzas
Só pensa em sambar
E foi só por causa do amor
Que na minha vida faz sol
Apontou saída prá quem não sabia
Viver sem chorar
Eu me preparava prá ver a Mangueira passar
Estação Primeira, foi lá que eu fiz meu lugar
Vindo com a minha escola a sorte sorriu afinal
Encontrei meu grande amor no Carnaval
Encontrei meu grande amor no Carnaval

____ Alma de Pierrô/Celso Fonseca *

sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Saudade...



SAUDADEPor que sinto falta de você? Por que está saudade?Eu não te vejo mas imagino suas expressões, sua voz teu cheiro.Sua amizade me faz sonhar com um carinho,Um caminhar, a luz da lua, a beira mar.Saudade este sentimento de vazio que me tira o sono me fazendo sentir num triste abandono, é amizade eu sei, será amor talvez...Só não quero perder sua amizade, esta amizade... Que me fortalece me enobrece por ter você.
____ Machado de Assis *

Saudade...



Saudade"Saudade é solidão acompanhada, é quando o amor ainda não foi embora, mas o amado já... Saudade é amar um passado que ainda não passou, é recusar um presente que nos machuca, é não ver o futuro que nos convida...Saudade é sentir que existe o que não existe mais... Saudade é o inferno dos que perderam, é a dor dos que ficaram para trás, é o gosto de morte na boca dos que continuam... Só uma pessoa no mundo deseja sentir saudade: aquela que nunca amou. E esse é o maior dos sofrimentos: não ter por quem sentir saudades, passar pela vida e não viver. O maior dos sofrimentos é nunca ter sofrido."
____ Pablo Neruda *

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Dia Da Saudades 30/01 ~ Vincent Willem Van Gogh ~

                           

   Van Gogh *

~ Dia Da Saudades 30/01 ~

                                          
____ Vincent Willem Van Gogh *

domingo, 26 de janeiro de 2014

Se Todos Fossem Iguais A Você...


"Existiria a verdade Verdade que ninguém vê Se todos fossem no mundo iguais a você." 

- Tom Jobim *

Início Semana Abençoada A Todos Nós!

sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

Cantiga De Enganar...

Cantiga de enganar


O mundo não vale o mundo,
                                         meu bem.
Eu plantei um pé-de-sono,
brotaram vinte roseiras.
Se me cortei nelas todas
e se todas me tingiram
de um vago sangue jorrado
ao capricho dos espinhos,
não foi culpa de ninguém.
O mundo,
              meu bem,
                            não vale
a pena, e a face serena
vale a face torturada.
Há muito aprendi a rir,
de quê? de mim? ou de nada?
O mundo, valer não vale.
Tal como sombra no vale,
a vida baixa... e se sobe
algum som deste declive,
não é grito de pastor
convocando seu rebanho.
Não é flauta, não é canto
de amoroso desencanto.
Não é suspiro de grilo,
voz noturna de correntes,
não é mãe chamando filho,
não é silvo de serpentes
esquecidas de morder
como abstratas ao luar.
Não é choro de criança
para um homem se formar.
Tampouco a respiração
de soldados e de enfermos,
de meninos internados
ou de freiras em clausura.
Não são grupos submergidos
nas geleiras do entressono
e que deixam desprender-se,
menos que a simples palavra,
menos que a folha no outono,
a partícula sonora
que a vida contém, e a morte
contém, o mero registro
de energia concentrada.
Não é nem isto, nem nada.
É som que precede a música,
sobrante dos desencontros
e dos encontros fortuitos,
dos malencontros e das
miragens que se condensam
ou que se dissolvem noutras
absurdas figurações.
O mundo não tem sentido.
O mundo e suas canções
de timbre mais comovido
estão calados, e a fala
que de uma para outra sala
ouvimos em certo instante
é silêncio que faz eco
e que volta a ser silêncio
no negrume circundante.
Silêncio: que quer dizer?
Que diz a boca do mundo?
Meu bem, o mundo é fechado,
se não for antes vazio.
O mundo é talvez: e é só.
Talvez nem seja talvez.
O mundo não vale a pena,
mas a pena não existe.
Meu bem, façamos de conta.
de sofrer e de olvidar,
de lembrar e de fruir,
de escolher nossas lembranças
e revertê-las, acaso
se lembrem demais em nós.
Façamos, meu bem, de conta
- mas a conta não existe -
que é tudo como se fosse,
ou que, se fora, não era.
Meu bem, usemos palavras.
façamos mundos: idéias.
Deixemos o mundo aos outros
já que o querem gastar.
Meu bem, sejamos fortíssimos
- mas a força não existe -
e na mais pura mentira
do mundo que se desmente,
recortemos nossa imagem,
mais ilusória que tudo,
pois haverá maior falso
que imaginar-se alguém vivo,
como se um sonho pudesse
dar-nos o gosto do sonho?
Mas o sonho não existe.
Meu bem, assim acordados,
assim lúcidos, severos,
ou assim abandonados,
deixando-nos à deriva
levar na palma do tempo
- mas o tempo não existe -,
sejamos como se fôramos
num mundo que fosse: o Mundo. 


____ Carlos Drummond de Andrade/Claro Enigma *

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

O Ponto Cego...





“A vida é maravilhosa, mesmo quando dolorida. Eu gostaria que na correria da época atual a gente pudesse se permitir, criar, uma pequena ilha de contemplação, de autocontemplação, de onde se pudesse ver melhor todas as coisas: com mais generosidade, mais otimismo, mais respeito, mais silêncio, mais prazer. Mais senso da própria dignidade, não importando idade, dinheiro, cor, posição, crença. Não importando nada.”

____ Lya Luft, em "O ponto cego". *

Cântico II...




Cântico II 


Não sejas o de hoje. Não suspires por ontens... 
não queiras ser o de amanhã.
Faze-te sem limites no tempo.
Vê a tua vida em todas as origens.
Em todas as existências.
Em todas as mortes.
E sabes que serás assim para sempre.
Não queiras marcar a tua passagem.
Ela prossegue:
É a passagem que se continua.
É a tua eternidade.
És tu.


____ Cecília Meireles, do livro "Cânticos", 1982. *